Toyota planeia lançar carro elétrico de longo alcance e carregamento rápido
Página principal Síntese, Google, Turquia, União Europeia, Donald Trump

As principais notícias do dia, uma seleção da redação do Insider.pro

Toyota prevê carro elétrico já para 2022

A notícia é avançada pelo Chunichi Shimbun, um jornal japonês. O mesmo relatou que o veículo da marca (XETRA: TOM.XETRA) será fabricado numa plataforma totalmente nova, sendo capaz de recarregar em alguns minutos – graças a um novo tipo de bateria totalmente sólida a ser utilizada em vez da variedade com iões de lítio.

Turquia e União Europeia redefinem relações

Reunidos em Bruxelas, altos funcionários de ambas as partes irão discutir possível cooperação contra o terrorismo, a crise migratória e viagens para a UE sem necessidade de visto por parte de cidadãos turcos. No entanto, o encontro surge num momento amargo, com a recente detenção de ativistas de direitos humanos na Turquia, entre os quais um alemão.

Donald Trump recebe primeiro-ministro do Líbano – com as tensões a aumentar no Médio Oriente

Saad Hariri irá visitar a Casa Branca para discutir terrorismo, economia e refugiados – mas a conversa poderá também abranger os confrontos ao redor do aumento de medidas de segurança israelitas na mesquita al-Aqsa em Jerusalém.

GM divulga resultados trimestrais

Os analistas estimam que a General Motors (NYSE: GM), a primeira do mundo automóvel a relatar os seus ganhos, dê conta de desaceleração do lucro e da receita. A fabricante de automóveis lida com desaceleração nos Estados Unidos, enquanto muda o seu foco da Europa para a Ásia. Entretanto, um ponto positivo que os investidores quererão conhecer melhor: as crescentes vendas de Cadillac na China.

Nem mesmo a União Europeia consegue impedir a Alphabet de reunir fundos

A receita trimestral da Alphabet (NASDAQ: GOOGL), empresa-mãe da Google, subiu 20% para 26 mil milhões de dólares, mesmo tendo pago uma multa de 2,7 mil milhões de dólares por violações antitruste. Porém, Wall Street não ficou impressionada – as ações caíram 3%.

Coreia do Sul aumentou as suas perspetivas de crescimento

O ministério das Finanças projetou expansão económica na ordem de 3% para este ano, acima da estimativa anterior de 2,6%. Será o crescimento mais rápido desde os 3,3% observados em 2014. As exportações têm estado em território positivo por oito meses consecutivos e estima-se que cresçam 10,2% este ano.

Calendário Económico

  • 09:00 (EUR) Índice Ifo de Clima de Negócios - Alemanha (Jul)
  • 15:00 (USD) Confiança dos Consumidores CB (Jul)
Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente