Donald Trump proíbe operações com a Petro
Página principal Breves, Criptomoedas, Donald Trump, Coreia do Norte, EUA, Facebook, China
Tema do momento
20 Março
2564 2k

Uma seleção das principais notícias desta manhã

Donald Trump proíbe transações com a criptomoeda venezuelana

O presidente dos EUA emitiu uma ordem esta segunda-feira a proibir o envolvimento de cidadãos estado-unidenses em transações com a criptomoeda venezuelana Petro. Autorizou o seu secretário do Tesouro a emitir a regulamentação necessária para se cumprir a ordem. Nicolás Maduro, que criou a criptomoeda para contornar sanções internacionais e lidar com a crescente inflação na Venezuela, condenou a medida de Trump.

G20 poderá não instar à regulamentação das criptomoedas

É pouco provável que os ministros das Finanças e os governadores de bancos centrais dos países que compõem o G20, e que se encontram reunidos em cimeira em Buenos Aires, tomem medidas concretas destinadas a regulamentar o mercado de criptomoedas — no meio de discórdia quanto à abordagem a adotar, de acordo com o avançado pela Reuters citando fontes a participar na cimeira.

Continuam discussões em torno da desnuclearização da península coreana

Após as conversações deste fim de semana, entre representantes dos Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão, ao redor da desnuclearização total da península coreana aguardam-se agora as cimeiras entre ambas as Coreias e entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos. Destaca-se que a Coreia do Norte ainda não confirmou a sua disponibilidade para conversações oficiais com os Estados Unidos.

Ações da Facebook em queda com escândalo em torno de dados de utilizadores

As ações da mais popular rede social do mundo (NASDAQ: FB) experienciaram a maior queda em quatro anos após vários reguladores terem solicitado audiências com a empresa no seguimento de relatórios de que a Cambridge Analytica, empresa de publicidade política de Donald Trump, terá utilizado dados de 50 milhões de utilizadores da rede social de forma ilícita.

Estados Unidos e Coreia do Sul retomam exercícios militares

Os dois países avançaram que irão iniciar exercícios militares conjuntos, uma prática anual, a 1 de abril. Os mesmos foram atrasados com o desacelerar de tensões entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte aquando dos Jogos Olímpicos de Inverno. Os simulacros terão lugar antes da aguardada cimeira entre Donald Trump e Kim Jong-un prevista para maio.

China avançou severa advertência contra Taiwan

O presidente Xi Jinping declarou no final de sessão parlamentar anual que Taiwan, reivindicada por Pequim como parte do seu próprio território, irá enfrentar o «castigo da história» se tentar qualquer atividade separatista. Pequim vê a atual presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, como defensora de ideias independentistas.

Empresa de Harvey Weinstein declarou falência

A empresa de investimentos Lanterna Capital avançou que compraria os ativos da Weinstein Co. se esta declarasse falência — após várias tentativas do estúdio de evitar esse destino. A empresa irá libertar os seus colaboradores de acordos de não-divulgação como parte do movimento.

Calendário Económico

  • 00:30 (AUD) Minutas da Reunião de Política Monetária
  • 09:30 (GBP) IPC (Anual) (Fev)
  • 10:00 (EUR) Índice de Sentimento Económico (ZEW) - Alemanha (Mar)
  • 11:00 (EUR) Balança Corrente - Portugal (Jan)
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente