EMEL procura soluções baseadas na tecnologia «blockchain»
Página principal Síntese, EUA, Irão, Portugal, Criptomoedas, Bitcoin, ICO, Blockchain
Tema do momento
23 Abril
971 971

As principais notícias do mercado de criptomoedas esta manhã

EMEL procura recursos baseados na «blockchain»

A Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa lançou recentemente o EMEL Mobility Challenge — um desafio para empresas, empreendedores e estudantes — tendo em vista o desenvolvimento de recursos baseados na blockchain. Os mesmos deverão relacionar os registos de propriedade automóvel em determinada área com os registos de dísticos da EMEL para a mesma área.

Bitcoin encontra-se bastante próxima dos 9000 dólares

A tendência ascendente sentida no final da semana passada manteve-se pelo fim de semana. Hoje, a maior criptomoeda do mundo encontra-se bastante próxima dos 9000 dólares — e a capitalização do mercado como um todo está quase a alcançar os 400 mil milhões de dólares. Entre as maiores criptomoedas, a Bitcoin Cash é aquela que regista maior crescimento, superior a 19%. (Dados apurados às 10h de Lisboa).

Pagamentos em Bitcoin em ascensão nos países bálticos

As criptomoedas estão a ganhar popularidade nos países bálticos, onde ainda não foram introduzidas regulamentações abrangentes para o sector. Empresas de diversas áreas, incluindo mercado imobiliário, comércio online, indústria hoteleira e até cuidados de saúde, estão a tirar vantagem de pagamentos com criptomoedas — e algumas oferecem os seus serviços a nível global.

Xunlei enfrenta ação judicial coletiva

A empresa de tecnologia Xunlei (NASDAQ: XNET), listada no mercado de ações NASDAQ, tornou-se objeto de várias ações judiciais coletivas de investidores que compraram o seu token digital, o Linktoken. A Xunlei é acusada de ter enganado os investidores, disfarçando uma Oferta Inicial de Moeda (ICO) através da qual o Linktoken foi distribuído. O seu diretor executivo, Lei Chen, rejeitou as alegações.

Presidente da Reserva Federal de São Francisco alegou que as criptomoedas não são moedas

John Williams, atual presidente e diretor executivo do Banco da Reserva Federal de São Francisco, que se estima que venha a ser nomeado para o mesmo cargo em Nova Iorque em breve, rejeitou a sugestão de as criptomoedas surgirem como moedas. Williams declarou que a Bitcoin não pode substituir o Dólar, «as criptomoedas não passam no teste básico do que uma moeda deve ser.»

Bitpay acrescentou suporte para a Bitcoin Cash na sua aplicação

A Bitcoin Cash continua a reunir apoio entre utilizadores e prestadores de serviços, com o mais recente exemplo a surgir da Bitpay. O serviço de pagamentos baseados na blockchain atualizou a sua aplicação checkout point-of-sale para que comerciantes possam aceitar pagamentos também em Bitcoin Cash através da mesma, usando o seu smartphone ou tablet.

Irão proibiu oficialmente a utilização de criptomoedas

Um jornal iraniano avançou que o Banco Central do Irão proibiu oficialmente a utilização de criptomoedas — atualmente disponíveis em mercados paralelos — em transações financeiras para se «evitarem crimes como lavagem de dinheiro e terrorismo.» A medida é vista como parte dos esforços de Teerão para controlar o mercado de câmbio depois de o rial ter atingido uma baixa recorde no início deste mês.

A capitalização total do mercado de criptomoedas corresponde atualmente (10h15 de Lisboa) a 398,4 mil milhões de dólares

Entretanto, nas últimas 24 horas:

  • O preço da Bitcoin (Bitcoin) subiu 0,12% para 8916,48 dólares
  • O preço da Ethereum (ETH/USD) aumentou 3,34% para 637,84 dólares
  • O preço da Ripple (XRP/USD) caiu 1,18% para 0,87 dólares
  • O preço da Bitcoin Cash (Bitcoin.Cash) aumentou 18.97% para 1384,73 dólares
  • O preço da EOS (EOS/USD) caiu 0,99% para 11,56 dólares

Consulte a lista completa de Ofertas Iniciais de Moeda (ICO) a decorrer aqui.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente