EUA corre o risco de êxodo de empresas de criptomoedas
Shutterstock
Página principal Síntese, IPO, Criptomoedas, Regulação das criptomoedas
Tema do momento
27 Setembro
498 498

As principais notícias do mercado de criptomoedas esta manhã

Empresas do sector querem clareza quanto à regulamentação

Mais de cinquenta entidades da indústria das criptomoedas e finanças — como a Coinbase, a Kraken ou a Fidelity — encontraram-se esta semana com legisladores norte-americanos para discutir o futuro da regulamentação do sector no país. A mensagem da maioria foi clara: deverá ser atribuída maior clareza à regulamentação das criptomoedas, ou os inovadores serão forçados a deixar o país.

Analistas suspeitam do uso de criptomoedas na Coreia do Norte

Dois analistas explicaram no início desta semana que a Coreia do Norte está a usar criptomoedas como resposta a sanções norte-americanas — nomeadamente à restrição de atividade de negociação com os EUA. Os analistas afirmam que a região de Pyongyang se encontra a negociar ativamente criptomoedas estabelecidas para evitar as sanções financeiras impostas desde os anos 50.

«As criptomoedas são a evolução natural do dinheiro»

Joseph Lubin, fundador da ConsenSys e cocriador da Ethereum, partilhou os seus pensamentos quanto às «proporcionais ondas de fascínio e ceticismo» em relação às criptomoedas. Relembrou que a sociedade sempre foi um pouco cética em relação aos que surgem com novos conceitos ao redor do «dinheiro» e argumentou que as criptomoedas são em muitas formas a evolução natural do mesmo.

Encontradas 25 «apps» com capacidade para «cryptojacking» na Google Play

A Sophoslabs afirma ter identificado 25 apps disponíveis na Google Play com scripts que facilitam o cryptojacking dos recursos de computação dos utilizadores. As aplicações em questão «foram descarregadas e instaladas mais de 120 mil vezes» e subsistiram apesar de proibição da Google Play, desde julho, de «aplicações que mineram criptomoedas em dispositivos [dos utilizadores].»

Bitmain solicitou listagem na Hong Kong Stock Exchange

A chinesa Bitmain Technologies, fabricante de equipamento para mineração de criptomoedas, solicitou entrada na bolsa em Hong Kong. Submeteu pedido para a realização de Oferta Pública Inicial (IPO) tendo em vista a sua listagem na Hong Kong Stock Exchange. Circulam rumores de que a IPO poderá rondar os 15-18 mil milhões de dólares e de que a listagem poderá decorrer no primeiro trimestre de 2019.

Regulador francês atualizou lista de empresas fraudulentas

A Autoridade dos Mercados Financeiros francesa expandiu a sua lista de entidades envolvidas em atividade fraudulenta e frequentemente relacionada com investimentos em criptomoedas. A agência acrescentou 21 novas páginas, destacando-se que a maioria tem procurado atrair investidores com ofertas relacionadas com a participação em vendas de tokens e a negociação de criptomoedas.

A capitalização total do mercado de criptomoedas corresponde atualmente (10h30 de Lisboa) a 214,2 mil milhões de dólares

Entretanto, nas últimas 24 horas:

  • O preço da Bitcoin (Bitcoin) subiu 0,36% para 6494,68 dólares
  • O preço da Ethereum (ETH/USD) subiu 0,09% para 213,92 dólares
  • O preço da XRP (XRP/USD) caiu 1,38% para 0,52 dólares
  • O preço da Bitcoin Cash (Bitcoin.Cash) subiu 17,76% para 521,22 dólares
  • O preço da EOS (EOS/USD) subiu 1,30% para 5,46 dólares

Desempenho

  • Criptomoeda com melhor desempenho do top 10: Bitcoin Cash (+17,76%)
  • Criptomoeda com melhor desempenho do top 100: ETERNAL TOKEN (+24,64%)

ICO a decorrer

Próximas ICO

  • 1 de outubro: Open Packaging Network
  • 25 de outubro: Finnoq
  • 31 de outubro: 4ARTechnologies
  • 1 de novembro: Quidli

Consulte a lista completa de ICO a decorrer aqui [em Inglês].

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente