Prodígios da «blockchain» na lista «30 Under 30» da Forbes
Shutterstock
Página principal Síntese, Blockchain, Mineração, Criptomoedas, China
Tema do momento
14 Novembro
538 538

As prin­ci­pais no­tí­cias do mer­cado de crip­to­mo­edas esta manhã

Prodígios da «blockchain» na lista «30 Under 30» da Forbes

O ecossistema da blockchain e das criptomoedas está bem representado na 30 Under 30 da Forbes deste ano, com quatro jovens com idades entre 25 e 28 destacados pelo seu trabalho no sector. Olaoluwa Osuntokun (25), Nader Al-Naji (26), JB Rubinovitz e Hunter Horsley (28) estrearam-se na lista deste ano depois de terem aplicado a tecnologia blockchain à resolução de problemas reais através das suas start-ups.

«Blockchain: da escassez à abundância»

A tecnologia blockchain irá impulsionar mudança monumental na sociedade, que passará de uma «mentalidade de escassez para uma mentalidade de abundância» — de acordo com Joseph Lubin, cofundador da Ethereum. Na sua opinião, o contínuo crescimento da blockchain irá proporcionar maior inovação a todos os níveis da sociedade humana ao criar uma estrutura para «identidades soberanas autodeterminadas».

FMI quer «que se explorem» as criptomoedas estatais

Christine Lagarde, diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), encorajou a análise da ideia de «moeda digital de banco central» à luz da queda de procura por moedas e da crescente preferência por moedas digitais. Acrescentou que vários bancos centrais do mundo estão a considerar «seriamente» a emissão de moeda digital, incluindo do Canadá, China, Suécia e Uruguai. «Estão a abraçar a mudança […] — como o FMI.»

China: instalações de mineração encerradas para inspeções

Foram suspensas várias operações de mineração de criptomoedas nas províncias chinesas de Xinjiang e Guizhou para a condução de inspeções fiscais e de verificações de registo de nomes reais «muito rigorosas» por parte do governo. O cessar das operações (a 5 de novembro) terá resultado na perda de cerca de 144 mil dólares por dia durante o período de inspeção — que, entretanto, já terminou.

Michigan proibiu doações de criptomoedas a campanhas

O conselho de financiamento de campanhas do estado de Michigan, nos Estados Unidos, avançou formalmente que não são permitidas doações para campanhas políticas sob a forma de criptomoedas no estado: as doações para campanhas não podem ser conduzidas sob a forma de bitcoins ou de outros tokens uma vez que o valor destes ativos não é fixo — pelo contrário, é frequentemente flutuante.

GMO adiou o envio de equipamento de mineração

A japonesa GMO Internet adiou o envio das suas duas linhas de equipamento para mineração de bitcoins de 7 nm — previsto para final de outubro e novembro. Um representante da empresa clarificou a situação, afirmando decorrer de atrasos no fornecimento de componentes — e notando que foram emitidos alguns reembolsos. A empresa avançou ainda que planeia realocar as suas operações de mineração, mas não partilhou detalhes.

A capitalização total do mercado de criptomoedas corresponde atualmente (11h10 de Lisboa) a 205,7 mil milhões de dólares

En­tre­tanto, nas úl­timas 24 horas:

  • O preço da Bitcoin (Bitcoin) caiu 1,35% para 6274,26 dólares
  • O preço da Ethereum (ETH/USD) caiu 3,42% para 201,20 dólares
  • O preço da XRP (XRP/USD) caiu 4,62% para 0,49 dólares
  • O preço da Bitcoin Cash (Bitcoin.Cash) caiu 8,82% para 475,29 dólares
  • O preço da Stellar caiu 6,09% para 0,24 dólares

Desempenho

  • Criptomoeda com melhor desempenho do top 100: Sirin Labs Token (+12,38%)

Próximas ICO

  • 20 de novembro: eMusic
  • 1 de janeiro de 2019: Börser

Con­sulte a lista com­pleta de ICO a de­correr aqui [em In­glês].

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar