10 Truques para poupar mais
Página principal Finanças

Não é assim tão difícil poupar — o mais difícil é manter as poupanças

Não adianta de nada economizar se não for capaz de manter as suas poupanças. Conheça alguns truques para que as suas poupanças durem.

1. Automatizar a poupança

A força de vontade é sobre-estimada. Configure transferências automáticas para que uma determinada quantia siga da sua conta corrente para a sua conta poupança todos os meses (logo após receber o ordenado, por exemplo).

2. Ocultar a poupança

Este truque baseia-se no ditado longe da vista, longe do coração. Crie a sua conta poupança numa instituição bancária que não aquela onde tem a sua conta corrente. Assim, não verá o saldo das suas poupanças de cada vez que entra na conta.

Adira também aos extratos eletrónicos para a conta poupança e não os consulte mais do que uma a duas vezes por ano (porém, não ignore a conta poupança na sua totalidade: defina alertas por e-mail para quaisquer levantamentos ou atividade incomum).

3. Nomear as suas poupanças

Nomear a sua conta poupança com o objetivo por detrás da mesma poderá impedir que use o dinheiro para outros fins. Os bancos com acesso online permitem que configure múltiplas sub-contas, sem custos extra, e cada uma poderá ter um nome específico: férias, impostos, carro novo e por aí em diante.

É muito mais fácil recorrer a uma conta poupança sem nome do que a uma que diz “Viagem de sonho a Bora Bora”. O nome da conta leva-o a pensar no que irá sacrificar ao gastar os fundos com outra coisa.

4. Utilizar uma aplicação

A Digit analisa as transações da sua conta corrente e transfere fundos de que não irá precisar para uma conta poupança. A Acorns faz algo semelhante mas analisa todas as suas contas e investe o dinheiro sobressalente. O Bank of America tem um programa chamado Keep the Change que arredonda as compras realizadas com cartão de débito para o dólar mais próximo e transfere a diferença para a sua conta poupança.

5. Bloquear as suas poupanças

Deve ter pelo menos 500 euros acessíveis para pequenas emergências. Tirando isso, por que não considera criar algumas barreiras para aceder às suas poupanças? Aplicar as suas poupanças a certificados de depósito poderá ser uma boa opção uma vez que paga uma pequena penalidade se aceder aos mesmos antes do período pré-estabelecido.

6. Poupar quaisquer recompensas

Utilize um cartão de crédito com recompensa cash-back para as suas despesas, pague o saldo na totalidade a cada mês e transfira regularmente as recompensas para a sua conta poupança.

7. Desviar quaisquer extras

De cada vez que cancelar a assinatura de um serviço ou terminar o pagamento de algum crédito, desvie o valor mensal correspondente para a sua conta poupança (de forma sistemática).

8. Poupar quaisquer fundos inesperados

Fundos inesperados: bónus, reembolsos (incluindo do IRS) ou quaisquer fundos que receba além do seu ordenado normal. Gaste 10% como quiser e poupe o restante.

9. Fazer da poupança um jogo

Algumas pessoas poupam cada nota de 5 ou 10 euros que encontram na carteira. Outras colocam cada moeda de 1 euro que obtêm num frasco ao final do dia. Se o fizer também pode depositar esses fundos no final de cada mês na sua conta poupança.

10. Poupar o aumento salarial

Recebeu um aumento de 3%? Então aumente a contribuição mensal para a sua conta poupança com essa diferença em mente. Irá colocar o seu aumento a trabalhar para o seu futuro.

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente