A importância da estabilidade para as criptomoedas
Página principal Finanças, Criptomoedas
Tema do momento
5 Março
5448 5k

Embora possa não ser entusiasmante para os especuladores, a ausência de volatilidade poderá ser um catalisador positivo para as criptomoedas no longo prazo

A volatilidade da Bitcoin é o maior obstáculo à sua ampla adoção

São vários os grandes obstáculos no caminho da Bitcoin (Bitcoin) para se tornar uma moeda corrente. Alguns estão, contudo, a melhorar.

As comissões por transação, por exemplo, atingiram um nível proibitivamente caro — acima de 25 dólares — em dezembro. Porém, entretanto desceram para um valor mais competitivo face a outras despesas de processamento de pagamentos. Questões como a escalabilidade da criptomoeda e as transações por vezes morosas (face a outras criptomoedas) têm também várias soluções em cima da mesa, como uma mais ampla implementação do protocolo Segregated Witness ou SegWit.

São definitivamente passos na direção certa. Porém, para a Bitcoin alcançar utilização generalizada como moeda — para pagamento de bens ou serviços ou como “armazenamento de valor” como o ouro — a volatilidade terá de acalmar um pouco.

O problema considerado de dois pontos de vista

A importância da estabilidade para as criptomoedas
Ryan Tang/Unsplash

Para entendermos a perspetiva do consumidor digamos que vamos viajar de mochila às costas pela Ásia no verão. Em vez de trocarmos euros pela moeda local em cada destino, ou de termos de lidar com aceitação irregular do cartão de crédito em algumas partes da região, aplicamos 5.000 euros do orçamento para a viagem em bitcoins. Porém, à medida que a viagem se desenrola, as bitcoins poderão valer 20.000 euros ou 1.000 euros. Ambos os cenários são possíveis e se o último for o caso a viagem poderá acabar bem mais cedo do que o esperado.

Do ponto de vista do comerciante, transações morosas combinadas com volatilidade criam um nível de incerteza com o qual muitos não estão dispostos a lidar. A transação média de Bitcoin leva menos de uma hora a ser confirmada, de acordo com o Blockchain.info, mas em alturas de elevada atividade já se verificaram atrasos de um dia ou mais. Nessa situação, na altura em que o comerciante pode de facto utilizar o pagamento em Bitcoin do cliente o seu valor poderá ter mudado dramaticamente.

Que volatilidade é “aceitável”?

Que flutuação poderá ser considerada aceitável? Para contexto, variações diárias na ordem de 1-2% não são comuns para a maioria das moedas — como o euro, o iene ou a libra em relação ao dólar norte-americano, por exemplo — e movimentos de 10% ou mais como os sentidos muitas vezes pela Bitcoin e outras criptomoedas num só dia são quase desconhecidos.

A flutuação selvagem será sempre um obstáculo à aceitação abrangente da Bitcoin. E pode dizer-se o mesmo em relação a outras criptomoedas. Dias em que o preço das criptomoedas sobe e desce na ordem de 10% ou mais (e já houve vários assim) assustam e afastam aspirantes a adotantes das criptomoedas.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente