Qual o prognóstico para a NVIDIA e a AMD sem os mineiros de criptomoedas?
Página principal Finanças, Mineração, Criptomoedas
Tema do momento
18 Abril
4760 4k

É provável que os mineiros de criptomoedas deixem de comprar chips à NVIDIA e à Advanced Micro Devices em breve. Qual será o impacto dessa queda de procura?

Os processadores gráficos que ambas as empresas produzem são desenhados principalmente para videojogos — e para recursos de Inteligência Artificial destinados a centros de dados e carros. Porém, também se provaram populares para o processamento de transações com criptomoedas, uma atividade conhecida como «mineração».

O aumento vertiginoso de valor das criptomoedas no último ano tornou a mineração uma atividade altamente lucrativa — o que provocou forte procura por unidades de processamento gráfico e impulsionou as vendas da NVIDIA (NASDAQ: NVDA) e da AMD (NASDAQ: AMD) tanto no ano passado como no trimestre que terminou recentemente.

No entanto, estima-se que essa procura termine em breve. A Bitmain, empresa chinesa apoiada por capital de risco, anunciou recentemente o desenvolvimento de um novo chip desenhado especialmente para a mineração de Ethereum (ETH/USD), a mais popular criptomoeda minerada com unidades de processamento gráfico.

Analistas acreditam que o mesmo, cujo lançamento se prevê para julho, atrairá grande procura de mineiros de criptomoedas graças ao desempenho superior que promete para a tarefa.

Qual o prognóstico para a NVIDIA e a AMD, assim? Preocupações em torno do impacto da queda da procura para mineração de criptomoedas foram um dos fatores a causar declínio acentuado das ações de ambas as empresas no mês passado — da AMD em particular, com uma menor base de receita, provavelmente inflacionada por procura no sector das criptomoedas.

Christopher Rolland do grupo internacional Susquehanna estima que as vendas de chips (equipamento para mineração) relacionadas com a Ethereum tenham representado cerca de um quarto da receita da AMD no primeiro trimestre deste ano. A estimada perda desse segmento levou-o a rebaixar o rating da fabricante de chips para o equivalente a «vender» no mês passado.

Quanto à NVIDIA a maioria dos analistas crê que o impacto venha a ser muito menor, representando queda percentual de apenas um dígito no primeiro trimestre fiscal da empresa — que termina este mês. A fabricante conta com outros segmentos, muito mais robustos, dedicados a centros de dados e a jogos — e que são altamente valorizados pelos investidores.

Joseph Moore, analista da Morgan Stanley, citou novos produtos para o segmento de jogos e procura de jogadores frustrados com a recente escassez de unidades de processamento gráfico por trás da atualização do rating da NVIDIA para «comprar» na semana passada, acrescentando que estima que a procura para o sector das criptomoedas «caia para zero» até final de julho.

Será de notar, contudo, que ambas as empresas foram extremamente cautelosas em relação ao sector das criptomoedas. A sua natureza volátil e possíveis inovações tecnológicas no campo da mineração tornaram-no sempre uma ideia arriscada para apostas de longo prazo. Têm, ambas as empresas, segmentos mais fiáveis nos quais apostar.

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar