Página principal Breves, Blockchain
Tema do momento
16 de Novembro de 2017
2226 2k

A American Express (NYSE: AXP) avançou que introduziu recentemente pagamentos instantâneos baseados em blockchain para clientes corporativos dos EUA que pretendam transferir fundos para empresas baseadas no Reino Unido – e associadas ao Santander UK (NYSE: SAN).

A American Express afirmou que o seu segmento FX International Payments se associou à Ripple para fornecer pagamentos rastreáveis, sem cartão e em tempo real dos Estados Unidos para o Reino Unido. Os clientes já estão a utilizar o serviço – que se poderá alargar no futuro.

Esta iniciativa surge como uma das primeiras grandes utilizações da blockchain, uma base de dados de transações partilhada e mantida por uma rede de computadores – também conhecida como o sistema subjacente à Bitcoin, a maior criptomoeda do mundo em termos de capitalização de mercado.

As empresas esperam que a tecnologia emergente venha a reduzir o custo e a complexidade de certos processos – como a liquidação de títulos e pagamentos internacionais. Porém, muitos avançam que o uso generalizado da tecnologia ainda se encontra a vários anos de distância.

Blockchain: glossário de A a Z

A Ripple, start-up de fintech baseada em Nova Iorque, tem a sua atividade focada em pagamentos transfronteiriços baseados na tecnologia blockchain. Trabalha com vários bancos e é apoiada por empresas como a Standard Chartered, a Accenture (NYSE: ACN) e a SBI Holdings.

“Transferências que costumavam levar dias serão concluídas em tempo real, permitindo que o dinheiro se mova tão depressa como os negócios.” – Brad Garlinghouse, CEO da Ripple.

Fonte: Reuters

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar