Página principal Breves, EUA, Criptomoedas
Tema do momento
8 de Março de 2018
283 283

Após meses de rumores ao redor do posicionamento de reguladores financeiros quanto às criptomoedas, a Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA enviou dezenas de intimações e pedidos de informação a empresas envolvidas nos mercados de criptomoedas.

Entretanto, em declaração publicada ontem no seu site, a SEC argumentou que os ativos digitais, como tokens oferecidos e vendidos em Oferta Inicial de Moeda, ICO na sigla original, entram na definição de “título” (valor mobiliário) sob a lei norte-americana.

Isso significa que as plataformas de câmbio de criptomoedas poderão vir a ter de se registar junto da SEC.

A SEC é a agência federal responsável pela proteção dos investidores e manutenção de ordem nos mercados. Todas as bolsas de valores nacionais, como a New York Stock Exchange ou a Chicago Stock Exchange, estão registadas junto da SEC.

A SEC teme que os investidores focados na Bitcoin e outras criptomoedas pensem estar a receber a proteção e benefícios de uma bolsa ou plataforma registada quando negoceiam criptomoedas. A agência avançou na declaração publicada ontem no seu site:

“Muitas plataformas referem-se a si mesmas como ‘bolsas’ o que pode dar uma impressão errada aos investidores — [pode dar a impressão] de que são reguladas ou cumprem os padrões regulatórios de uma bolsa de valores nacional.”

Após a declaração da SEC, ontem, o preço da Bitcoin caiu abaixo dos 10 000 dólares — e ainda não recuperou (15h de Lisboa de hoje).

Fonte: Quartz

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar