Página principal Breves, Criptomoedas
Tema do momento
6 Abril
267 267

A Coinbase foi em tempos descrita pelo investidor Fred Wilson como «a JPMorgan ou a Goldman Sachs da blockchain.» Agora, a empresa por trás da plataforma de câmbio de criptomoedas homónima, a maior dos Estados Unidos, vai começar a investir em empresas que desenvolvam produtos e/ou serviços relacionados com o sector das criptomoedas.

A empresa anunciou ontem, quinta-feira, a formação da Coinbase Ventures — através da qual irá financiar «empresas em fase inicial que tenham equipas e ideias capazes de fazer avançar o sector de forma positiva e significativa.» Porém, de acordo com o Business Insider, a Coinbase Ventures irá por agora abster-se de investir em tokens — ou ICO.

«Pelo menos no início o nosso objetivo passa por simplesmente ajudar as empresas mais atraentes a florescer. Isto significa que não teremos o requisito estratégico de formalizar relações de parceria com essas empresas, como alguns programas fazem. O nosso foco será construir relações fortes e estimular o desenvolvimento do ecossistema,» avançou Emilie Choi, diretora de desenvolvimento de negócios.

A Coinbase está a crescer rapidamente para gigante de serviços financeiros dentro do mercado de criptomoedas. Já no mês passado criou um novo fundo de índice de criptomoedas, permitindo que indivíduos invistam em criptomoedas como a Bitcoin através do mesmo — em vez de comprarem diretamente ativos digitais.

Que mais reserva o futuro para esta empresa?

Fonte: Fortune

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar