Página principal Breves, Criptomoedas, Facebook, Google
Tema do momento
9 Abril
206 206

Associações da Suíça, Cazaquistão e Arménia — que reúnem investidores focados em criptomoedas e empresas orientadas para a tecnologia blockchain — declararam que apoiam a ação judicial coletiva da Eurasian Blockchain Association (EBA) contra as grandes gigantes da Internet que estão a proibir anúncios relacionados com o mercado de criptomoedas.

Facebook, Google e Twitter serão processadas pela proibição de publicidade a criptomoedas

Recordamos que o movimento foi iniciado por associações semelhantes da Rússia, China e Coreia do Sul durante uma conferência que teve lugar em Moscovo no mês passado — de onde resultou a criação da Eurasian Blockchain Association, agora encarregue de representar as associações dos vários países mencionados e de afirmar os seus interesses a nível internacional.

É objetivo da EBA processar as empresas que declararam proibir publicidade relacionada com criptomoedas e projetos associados, como Ofertas Iniciais de Moeda (ICO). Falamos da Facebook, LinkedIn, Google, Yandex e Twitter — empresas que avançaram não aceitar anúncios que promovam produtos e/ou serviços financeiros associados a práticas enganosas.

A ação será apresentada no próximo mês em Nova Iorque. Os custos associados serão cobertos por fundos arrecadados através de doações para carteira registada na Estónia.

Fonte: Bitcoin.com

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar