Página principal Breves, Criptomoedas
Tema do momento
28 Junho
768 768

Agentes de aplicação da lei conduziram uma das maiores operações anti-droga da história do continente europeu, apreendendo o equivalente a 4,4 milhões de euros em criptomoedas e 800 mil doses de LSD. E a intervenção não ficou por aí.

Além da apreensão de milhares de euros em criptomoedas e de doses de LSD, a Guarda Civil espanhola e a agência europeia Europol prenderam oito indivíduos depois de averiguarem seis casas em Espanha e uma na Áustria — e a operação também envolveu a confiscação de 2,3 milhões de euros em dinheiro e contas bancárias, de três imóveis avaliados em 1 milhão de euros e de dez veículos de luxo. Como resultado da mesma foram ainda encerrados dois laboratórios.

As autoridades afirmam que os indivíduos presos, que descrevem como «grupo de crime organizado», operavam em Espanha desde 2012 e vendiam droga exclusivamente através da darknet. Os suspeitos terão enviado «pacotes» para mais de 100 países, camuflando a droga com produtos legais como aditivos para cimento. «Duas das páginas geridas pela organização gozavam de grande reputação, sendo as mais conhecidas e exclusivas do mundo nesta área,» avançou a Europol em declaração.

As criptomoedas são ferramentas populares para criminosos pois dificultam o rastreamento das transações por parte das autoridades.

Fonte: Fortune

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar