Página principal Breves, Criptomoedas
Tema do momento
31 Julho
742 742

Uma pesquisa conduzida pela Thomson Reuters revelou que a negociação de criptomoedas por parte de empresas financeiras poderá aumentar este ano. O estudo foi realizado junto de 400 clientes da empresa, destacando-se que 20% indicaram estar a considerar negociação de criptomoedas nos próximos 3 a 12 meses. Em simultâneo salienta-se que a Goldman Sachs lançou recentemente uma trading desk de criptomoedas — e que um conjunto de bancos mais pequenos, gestores de ativos e escritórios-empresas familiares pela Europa e Ásia começaram a investir fundos dos seus clientes neste mercado.

Porém, a carência de fontes fiáveis de dados coloca um desafio aos investidores institucionais e às empresas financeiras.

Assim, tendo em vista o fornecimento de uma visão completa do mercado de criptomoedas, a Thomson Reuters celebrou uma parceria estratégica com o CryptoCompare, agregador de dados globais do mercado de criptomoedas. A Thomson Reuters utiliza dados de sentimento para rastrear perceções de negociação ao redor das 100 maiores criptomoedas. Agora, irá também integrar na sua plataforma financeira Eikon dados de negociação referentes a 50 criptomoedas, fornecidos pelo CryptoCompare e provenientes de uma ampla variedade de plataformas de câmbio de criptomoedas fiáveis.

Tal irá oferecer informação válida sobre o mercado de criptomoedas como um todo, permitindo a previsão de movimentos com um elevado grau de probabilidade.

Fonte: Forbes

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça um "gosto" a esta página para que possamos continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente