O que são futuros de Bitcoin?
AP Photo/Kiichiro Sato
Página principal Tutoriais, Bitcoin
Tema do momento
21 de Dezembro de 2017
5410 5k

Conheça as respostas a perguntas frequentes sobre este instrumento

O que são futuros?

Os futuros são um acordo para a compra ou venda de ativos numa data futura específica a um preço específico.

Assim que o contrato de futuros é criado ambas as partes têm de comprar e vender ao preço acordado, independentemente do preço de mercado à data de execução do contrato.

O objetivo não é necessariamente a maximização de lucro. É uma ferramenta para gestão de risco, frequentemente utilizada nos mercados financeiros para proteção contra a alteração dos preços de ativos comprados e vendidos regularmente.

Os futuros são também utilizados para equilibrar as flutuações de preços de investimentos — em situações em que o ativo subjacente é particularmente volátil.

Estes contratos são negociados em bolsas de futuros que atuam como intermediário.

Como funcionam os contratos de futuros?

Pode assumir duas posições num contrato de futuros: longa ou curta.

Se optar por uma posição longa concorda com a compra de determinado ativo no futuro a um preço específico quando o contrato expirar. Quando assume uma posição curta concorda com a venda do ativo ao preço definido quando o contrato expirar.

Uma boa forma de compreender: o exemplo da companhia aérea que se quer proteger do aumento de preço do combustível entrando num contrato de futuros.

Digamos que o combustível para jatos é comercializado a 2 euros o litro (valores fictícios). Uma companhia aérea que estime que o preço do petróleo venha a aumentar pode optar por entrar num contrato de futuros a três meses, por exemplo: 1.000 litros aos atuais preços. O contrato valerá, assim, 2.000 euros.

Se dentro de três meses (quando expira o contrato) o preço de 1 litro de combustível corresponder a 3 euros, a companhia aérea terá poupado 1.000 euros.

O fornecedor, por sua vez, entra no contrato de futuros para garantir um mercado estável para o seu produto, o combustível. Além disso, o mesmo contrato irá protegê-lo se o preço do combustível cair inesperadamente.

Nesta situação, ambas as partes estão a proteger-se da volatilidade do preço do combustível.

Há também investidores que utilizam os contratos de futuros para especulação, em vez de os utilizarem como mecanismo de proteção.

Nessa situação assumem deliberadamente uma posição longa quando o preço da matéria-prima se encontrar baixo. À medida que o preço sobe, o contrato torna-se mais valioso e o investidor poderá decidir negociá-lo com outro investidor antes de este expirar, a um preço mais elevado.

Em que consistem os futuros de Bitcoin?

Os contratos de futuros não se aplicam apenas a ativos físicos. Podem também ser negociados para ativos financeiros.

No que diz respeito aos futuros de Bitcoin (Bitcoin) o contrato baseia-se no preço da Bitcoin. Os especuladores podem “apostar” no que acreditam vir a ser o preço da Bitcoin no futuro.

Além disso, o contrato de futuros de Bitcoin permite aos investidores especular ao redor do preço da Bitcoin sem deterem realmente bitcoins.

São duas as principais vantagens:

  • Por um lado, apesar da Bitcoin em si continuar desregulada, os futuros de Bitcoin podem ser negociados em bolsas reguladas. São boas notícias para os que se preocupam com os riscos relacionados com a falta de regulamentação no setor.
  • Por outro lado, em locais onde é proibida a negociação de Bitcoin, os futuros de Bitcoin permitem que os investidores especulem sobre o preço da mesma.

Como funcionam?

Um contrato de futuros de Bitcoin funciona dentro dos mesmos princípios que um contrato de futuros de ativos financeiros tradicionais.

Antecipando a direção do preço da Bitcoin, os especuladores assumem uma posição longa ou curta num contrato de futuros de Bitcoin.

Se, por exemplo, um indivíduo detiver Bitcoin cotada a 18.000 dólares (hipoteticamente) e estimar que o preço venha a cair no futuro, pode vender um contrato de futuros de Bitcoin ao preço atual, 18.000 dólares, para se proteger.

É um exemplo básico de como os futuros de Bitcoin funcionam. Os termos exatos de cada contrato podem ser mais complexos consoante a bolsa, que define limites mínimos e máximos de preço.

O que representam os futuros de Bitcoin para o preço da Bitcoin?

No curto prazo os futuros levam a subida do preço — com o interesse geral ao redor da criptomoeda a aumentar.

No dia após o lançamento dos futuros de Bitcoin na Chicago Board Options Exchange (CBOE), pela primeira vez numa grande bolsa regulada, o preço da criptomoeda saltou quase 10% para 16.936 dólares.

Da mesma forma, antecipando o lançamento de futuros de Bitcoin numa das maiores bolsas do mundo, a CME, o preço da Bitcoin atravessou pela primeira vez a barreira dos 20.000 dólares.

O impacto no preço no longo prazo é, por sua vez, difícil de prever. Estima-se, contudo, que continue a impulsionar o preço da criptomoeda.

Isso significa que o preço irá, provavelmente, aumentar?

Há várias razões para se pensar que sim.

Uma vez que os futuros de Bitcoin podem ser regulados em bolsas públicas, tal concede aos indivíduos interessados (previamente céticos pela ausência de regulação) a confiança necessária para investir.

Também se verifica, assim, maior probabilidade de os investidores institucionais oferecerem futuros de Bitcoin aos seus clientes como opção viável de investimento.

Tal concede maior liquidez ao mercado, tornando mais fácil a compra, a venda e a negociação da criptomoeda. O mercado torna-se também mais lucrativo e permite a abertura do mesmo a uma mais ampla base de investidores, incluindo de países onde a negociação de Bitcoin foi proibida.

Como os futuros são desenhados para equilibrar a flutuação dos preços dos ativos subjacentes, também poderão tornar o preço da Bitcoin menos volátil.

O que significa isso para a indústria da tecnologia blockchain?

Há vários resultados possíveis.

Em primeiro lugar, a Bitcoin é vista como padrão para as restantes criptomoedas. Assim, se o preço da Bitcoin observar aumento massivo num curto espaço de tempo, independentemente de se dever aos futuros de Bitcoin ou a outro fator, mais pessoas tomarão consciência da existência e potencial das criptomoedas.

Com mais pessoas a tornarem-se conscientes da indústria das criptomoedas, a aceitação de altcoins irá aumentar e levar a subida dos preços.

O reverso também é possível: os investidores poderão querer trocar as suas altcoins por Bitcoin para se envolverem na corrida altista. Saídas em ampla escala podem provocar a queda drástica dos preços das criptomoedas alternativas.

O cenário mais provável é que algumas das altcoins mais fortes — como a Ethereum, a Litecoin e a Ripple, entre outras — possam seguir os passos da Bitcoin, vindo a tornar-se ativo subjacente de contratos de futuros também, assim que o interesse dos investidores se torne forte o suficiente.

Onde se negoceiam futuros de Bitcoin?

O que são futuros de Bitcoin?
AP Photo/Kiichiro Sato

Há dois tipos de mercados que possibilitam a negociação de futuros de Bitcoin:

  1. A primeira opção são as plataformas de câmbio de criptomoedas, como a BitMex e a OKCoin. As plataformas de criptomoedas já oferecem esta opção há algum tempo, destacando-se que a negociação de futuros de Bitcoin é altamente desregulada nesta situação.
  2. A segunda opção são as bolsas públicas reguladas. É um fenómeno recente e parte da razão por detrás do aumento de preço da Bitcoin ao longo de dezembro.

A estreia teve lugar na CBOE a 10 de dezembro e na Chicago Mercantile Exchange (CME) a 18 de dezembro. Empresas de corretagem como a TD Ameritrade e a JP Morgan também expressaram recentemente o seu interesse em permitir acesso a esse mercado.

Fonte: CoinTelegraph

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar