O que é uma API e como se aplica ao mercado de criptomoedas
Página principal Tutoriais, Criptomoedas, Investimento em criptomoedas
Tema do momento
24 Julho
1018 1k

Antes da existência da Internet a negociação financeira decorria principalmente por telefone. Se quisesse comprar ações tinha de ligar ao seu corretor a solicitar a realização da operação em seu nome. Entretanto tudo mudou. Na era pós-Internet a compra e venda de títulos financeiros passou a ser conduzida online e a tecnologia tem evoluído ao redor desse processo — destacando-se neste campo a criação e utilização de API.

O que é uma API?

API é a sigla de Application Programming Interface, ou Interface de Programação de Aplicações. Uma API é um programa que permite interação entre sistemas ou softwares. Em termos simples, a API surge como um mensageiro que recebe solicitações dos utilizadores e diz ao sistema o que os mesmos pretendem que este faça — devolvendo-lhes, de seguida, a resposta do sistema.

Um exemplo de API com o qual a maioria das pessoas está familiarizada é a reserva de voos numa página de comparação de preços de voos como a Expedia. Depois de inserir as cidades de partida e de destino, as datas desejadas e o número de passageiros, a página de comparação pesquisa opções entre todas as bases de dados de companhias aéreas disponíveis e apresenta-lhe as hipóteses de viagens. Para tal recorre à API fornecida por cada companhia aérea.

Acontece o mesmo quando insere informação numa página de comparação de preços de hotéis como a Trivago. A plataforma apresenta informação sobre tarifas de quartos recorrendo às bases de dados de hotéis através das respetivas API.

Como os «traders» utilizam as API

Uma API para negociação permite, como o nome indica, que interaja com um sistema de negociação — que execute uma ordem diretamente numa plataforma de câmbio. É particularmente útil para traders que recorrem a modelos algorítmicos, que querem ter acesso a preços em tempo real e pretendem ser capazes de aplicar ordens — manualmente ou automaticamente através de algoritmo — assim que o seu modelo gerar um sinal de negociação.

Estas API são particularmente populares entre fundos de cobertura e empresas de negociação devido aos programas de negociação algorítmica. Porém, também os investidores privados podem usufruir de API de negociação fornecidas por corretoras online e mais recentemente por plataformas de câmbio de criptomoedas também.

A maioria das principais plataformas de câmbio de criptomoedas — como a Bitfinex, a Bittrex e a Coinbase Pro — oferece API de negociação aos seus clientes. Estas API oferecem feeds com preços em tempo real e a execução direta de transações.

O incidente da Binance

As API de negociação fizeram manchetes recentemente quando se atribuiu um incidente com a Binance a uso malicioso de uma API associada — que terá causado volume exponencial e pressão de mercado sobre a negociação da criptomoeda Syscoin (e um pico acentuado do seu preço).

A Binance afirmou que para «proteger a segurança» dos utilizadores da sua API levou a cabo algumas medidas: reverteu negociações irregulares e removeu todas as chaves existentes — solicitando a todos os utilizadores da API que recreassem e protegessem as suas chaves.

API e a negociação de criptomoedas

Embora o incidente com a API da Binance possa ter denegrido as API de negociação de criptomoedas, estas tornaram-se uma parte integral do arsenal de traders profissionais de criptomoedas e são um testemunho da evolução do ecossistema de negociação de ativos criptográficos.

Quantos mais investidores sofisticados entrarem no mercado de criptomoedas, mais a utilização de API e a negociação algorítmica crescerão. Estes programas de negociação irão, na verdade, ajudar a tornar o mercado de criptomoedas mais líquido e eficiente — e tal, por sua vez, poderá atrair mais investidores institucionais para esta nova classe de ativos.

Quanto mais o ecossistema de negociação de criptomoedas amadurecer, mais participantes do mercado se envolverão no mesmo. Atualmente, os mercados de criptomoedas começam a tornar-se parte dos mercados financeiros globais estabelecidos. Assim que a regulamentação das criptomoedas se encontrar em vigor nas maiores economias do mundo, mais fundos institucionais serão aplicados ao mercado — salientando-se aqui que o desenvolvimento de API de negociação sofisticadas e seguras desempenhará um pequeno mas fundamental papel nessa altura.

Fonte: BraveNewCoin

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar